sexta-feira, 9 de abril de 2021

CAPITÃO SAMUEL PROPÕE CENTRO DE INTEGRAÇÃO QUE ATENDERÁ CRIANÇAS E ADOLESCENTES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA.


Na busca de um olhar diferenciado para com as crianças e adolescentes vítimas de violência, o deputado Capitão Samuel ( PSC), encaminhou para votação a Indicação de N° 94/2021, que propõe a criação do Centro Integrado de Proteção a Criança e Adolescente.

O objetivo da indicação, é que seja feito um trabalho direcionado na grande Aracaju ao sistema de segurança pública do Estado, para garantir de forma concreta, os direitos e deveres das crianças e adolescentes, e afirma a necessidade de fortalecer as políticas públicas de Proteção e assistência ao menor.

Em suas entrelinhas, a Indicação envolveria o trabalho de várias secretarias de Estado, como a de Segurança pública e Defesa Social, Cultura, Direitos Humanos, Educação, Saúde e Esporte, entre outras.

O atendimento protetivo e integral à crianças, adolescentes e testemunhas de violência deve primeiramente levar em consideração as peculiaridades que constituem esses indivíduos, tanto no modo de expressar, quanto as situações vivenciadas, para que o Centro de Integração venha ajudar essa criança a ter uma estrutura para a vida.

Compromisso com Sergipe, trabalhando por você.

Fonte e foto:  capitaosamuel.com

CESTA BÁSICA DE ARACAJU PELA HORA DA MORTE.


A cesta básica de Aracaju (R$ 468,79) foi a que registrou, em março, a maior alta do Brasil: 5,13%. Segundo pesquisa do Dieese, o conjunto de alimentos essenciais mais barato foi encontrado em Salvador (R$ 461,28) e o mais caro em Florianópolis (R$ 632,75). Diante destes valores, o Dieese estimou que o salário mínimo necessário para suprir as despesas de um trabalhador e da família seria de R$ 5.315,74, o que corresponde a 4,83 vezes o valor vigente, de R$ 1.100,00. Crendeuspai!

Fonte:  blog do jornalista Adiberto de Souza

CPTRAN REGISTROU 188 ACIDENTES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DESTE ANO NA GRANDE ARACAJU.



A Polícia Militar de Sergipe, por meio da Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran), registrou 188 acidentes no primeiro trimestre deste ano, com 212 pessoas lesionadas, na região Metropolitana de Aracaju. Comparados com os registros do ano passado,  186 acidentes e 200 pessoas lesionadas, esses números foram maiores. Porém, houve uma redução no número de óbitos, sendo sete em 2020, e seis em 2021.

Também neste trimestre, a CPTran autuou 21 condutores envolvidos em acidentes de trânsito com sintomas de embriaguez, contra 19 autuações em 2020.

Outro fato que chama atenção é o número de motociclistas envolvidos nas ocorrências. A prova disso é que dos 188 acidentes, 107 tinham motociclistas envolvidos, 56%. Já no ano passado, dos 186 acidentes registrados, 100 envolviam motociclistas, 53%.

“É natural que o comportamento da sociedade tenha se modificado neste período, afinal estamos em um período de pandemia, mas, ao mesmo tempo, percebemos que os números de acidentes de trânsito ainda são significativos, principalmente envolvendo condutores de motocicletas”, explicou o comandante da CPTran, major Adelvan Silveira.

Ainda segundo ele, houve um aumento considerável na circulação de motocicletas no último ano, o que gerou certa mudança nestes números.  O major finalizou afirmando que o comportamento do condutor, seja na moto ou no veículo de quatro rodas, é o principal causador de acidentes.

Fonte e fotos:  PMSE

BATALHÃO DE RADIOPATRULHA ENCONTRA SUSPEITO EM POSSE DE PISTOLA NO POVOADO ESTIVA, EM SOCORRO.

O armamento possuía restrição de roubo registrada em Pernambuco

Militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) localizaram José Adelmo dos Santos, conhecido como “Cobra Coral”, 27 anos. Ele estava portando uma pistola roubada de um militar de Pernambuco. O suspeito foi encontrado no povoado Estiva, em Nossa Senhora do Socorro, na madrugada desta quinta-feira, 8.

De acordo com as informações policiais, os militares realizavam rondas pela localidade quando receberam uma denúncia informando sobre a presença de um homem de alta periculosidade. Ele estaria realizando disparos de arma de fogo e ameaçando pessoas no Povoado Estiva.

Diante das informações recebidas na denúncia, os policiais foram à localidade e visualizaram o suspeito que, ao notar a aproximação policial, atirou contra os militares. Durante o confronto, o homem se abrigou, próximo a uma residência, e continuou disparando contra os policiais.

O suspeito foi atingido, socorrido ao Hospital de Urgência (Huse), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Na ação policial, foi apreendida uma pistola calibre 380. O caso foi encaminhado e registrado na Central de Flagrantes, onde todas as demais medidas legais foram tomadas.

Fonte e foto:  SSP/SE

GETAM PRENDE HOMEM COM MANDADOS DE PRISÃO EM ABERTO E EM POSSE DE DUAS ARMAS EM ITAPORANGA.


Na manhã desta quinta-feira, 8, policiais militares do Grupamento  Especial Tático de Motos (Getam) prenderam um homem com dois mandados de prisão em aberto e em posse de duas espingardas no município de Itaporanga D’Ajuda.

Durante deslocamento pela BR 101, mais precisamente nas imediações do Povoado Taboca, onde, com frequência, são registrados casos de roubos a micro-ônibus do transporte intermunicipal, as equipes do Getam avistaram dois homens em atitude suspeita.

Por meio de consulta aos sistemas do Tribunal de Justiça e do Ciosp, foi constatado que um deles possuía dois mandados de prisão em aberto, pelos crimes de furto e porte ilegal de arma de fogo.

O homem, de 36 anos, foi preso e encaminhado à delegacia local, onde afirmou que mantinha duas espingardas em sua residência, localizada no Povoado Cachimbinha.

Diante da confissão, os policiais militares foram até a casa, juntamente com a esposa do suspeito, e apreenderam as duas armas de fogo, além de pólvora e esferas, utilizadas como munição.

Fonte e foto:  PMSE

TESTES DETECTAM MAIOR CONTAMINAÇÃO ENTRE JOVENS DE 20 A 49 ANOS EM SERGIPE, DIZ LACEN.


Mais de 13,1% dos casos confirmados, desde o início da pandemia da Covid-19 em Sergipe, são de idosos, principalmente a partir dos 60 anos. Após a vacinação contra a doença nessa faixa etária, a expectativa é os internamentos comecem a cair, diferente do que vem acontecendo com a população mais jovem, que ainda não foi vacinado e está mais suscetível à contaminação pelo novo coronavírus e suas variantes que transmitem a doença.

Nesta sexta-feira (09) o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH), informou estar aumentando os diagnósticos entre o público na faixa etária de 20 a 49 anos de idade. E que as pessoas na faixa etária de 20 a 49 anos de idade normalmente não cumprem com rigor os protocolos sanitários orientados pelos governos, como o uso obrigatório da máscara e o distanciamento social.

Segundo estatísticas do sistema de Gerenciamento de Ambiente Laboratorial (GAL) do Lacen, no período de janeiro a março de 2021, os grupos de pessoas com maior evolução que contraíram o vírus estão concentrados na faixa etária de 20 a 29 anos (11.463), de 30 a 39 anos (12.637) e 40 a 49 anos (10.389).

Para se ter uma ideia, somados os três grupos de idade com maior carga viral, 53% são homens e 34% correspondem ao público feminino no início do ano de 2021, diferentemente do padrão observado em 2020 onde a maior incidência era em pacientes do sexo feminino.

O superintendente do Laboratório Central, farmacêutico bioquímico, Cliomar Alves, explicou que a mudança está associada às mutações do Sars-CoV-2.

“O vírus vem passando por diversas alterações em seu RNA e esse fato contribuiu para a ampliação do seu poder de contágio entre as pessoas nesses três meses de 2021”, observa acrescentando que, com as variantes de interesse P1, P2 e da variante inglesa (B.1.1.7) em Sergipe, o público mais jovem, vem sofrendo um maior impacto com os sintomas da Covid-19.

De 1° a 7 de abril de 2021, o Lacen registrou o recebimento de 4.157 amostras.

Por Aldaci de Souza

Com informações do Lacen

Foto: Governo de Sergipe

Fonte:  Faxaju

quarta-feira, 7 de abril de 2021

O JOVEM, DEVERIA TER O SENTIMENTO DE PRESERVAÇÃO E DE AMOR AO SEU PAÍS.

Essa visão, que um dia já foi apenas uma declaração do óbvio (do normal), não pertence mais a realidade do Brasil... Alimentamos um monstro ao sabor de muitas risadas, muita ingenuidade e muita tolerância "a TUDO". Desde um inocente comercial de cigarro dos anos 70, protagonizado pelo craque Gérson (canhotinha de ouro), onde pra ser "o cara" o sujeito "esperto": Era preciso levar vantagem em tudo. Passamos pela tal "febre" dos anos 80, onde o uso de LSD e cocaína, era tolerado e "glamourizado" nas rodas chic's e dos artistas famosos. A DROGA, foi aceita e "convidada" a entrar nas nossas casas.

Os anos 90, a busca frenética pelos 15 min de fama, levou a nossa "cultura" e qualidade artística e musical, a ir se desfazendo em entretenimento fútil. Foi a deprimente queda do "BUM" da década de 80, e de seus grandes shows & talentos mundiais. 

Daí, o Século XXI veio pra se "vingar"!!! Daqueles que riam, quando nossos pais e avós nos alertavam sobre uma inevitável consequência, de tanta insensatez e irresponsabilidade com a preservação de "certos valores"... Com a negligência na criação dos filhos e a tolerância a tudo. Pois é; Os filhos(as) cresceram, e hoje eu e você quarentão ou cinquentão, sofredor e saudosista de um passado "incrível"

(sim, nós sabemos o significado disso)... Hoje colhemos o que deixamos crescer, sem selecionar as "sementes". 

Resultado:

Uma colheita de "adultos fracos", sem brio e personalidade própria, volúveis, egoístas, covardes e oportunistas sem o menor problema, em ser uma "caricatura", um capacho, um  puxa-saco que não sabe e nunca soube o que é ter um amigo verdadeiro, aquele que te ouvia, te dava broncas, conselhos e abraços... Hoje, só o que basta e importa, são os likes e um emotion de joinha.

Como querer que um "personagem" assim, tenha CORAGEM pra dizer não ao chicote?  (mesmo que nas mãos de um fraco). Aos maus tratos e ao deboche, de umas "autoritárias autoridade$", que compram suas vidas "nababescas" com o dinheiro "que falta", pra uma simples dignidade tão difícil e distante, daqueles que os sustentam? Que não sejam todos adoradores convictos da _(síndrome de Estocolmo) generalizada, tão ou mais contagiosa que um vírus qualquer???

A PANDEMIA, não é e NUNCA nem precisou ser um FIM. Ela foi simplesmente um MEIO, pra nos dar a certeza de que sempre se colherá, tudo aquilo que se plantou.

Artigo de Cleimar Couper

INTERIOR DE SERGIPE REGISTRA QUEDA DE 57,6% NOS HOMICÍDIOS.

A redução foi verificada pela CEACrim em comparativo entre o primeiro trimestre de 2016 e o de 2021

O interior de Sergipe apresentou uma redução de 57,6% na incidência de homicídios em comparativo entre o primeiro trimestre de 2016 e de 2021. De acordo com a Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), da Secretaria da Segurança Pública (SSP), enquanto que nos três primeiros meses de 2016 ocorreram 170 crimes no interior sergipano, esse número caiu para 72, em 2021, representando, ao menos, 98 vidas preservadas. A redução é fruto do trabalho integrado entre as Polícias Civil e Militar, junto à Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp). Como exemplo da redução, a cidade de Itabaiana registrou dois casos de homicídios no primeiro trimestre de 2021.

Segundo o levantamento da CEACrim, o interior sergipano - composto por 71 municípios, excetuando-se, além da capital, as cidades de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros - tem apresentado tendência de retração na incidência de homicídios desde o ano de 2016. Entre 2017, com 139 casos, e 2021, com 72, a redução foi de 48,2%. Já entre 2018, com 144 ocorrências, e 2021, a queda foi de 50%. Em comparativo entre 2019, com 116 casos, e 2021, a diminuição foi de 37,9%. Já em relação a 2020, com 108 casos, e 2021, a queda foi de 33,3%.

O secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, considerou os números positivos e disse que é um importante marco para a população do interior sergipano. “Nossa preocupação com a segurança pública não é apenas com a capital, mas também com o interior do nosso estado. Temos avaliado constantemente a incidência criminal em todos os nossos municípios para traçarmos ações estratégicas e conjuntas entre as forças de segurança. Estamos combatendo a criminalidade com o objetivo de garantir o direito à segurança com a preservação de vidas”, detalhou.

João Eloy de Menezes relembrou que as ações das forças de segurança pública também podem ser norteadas por meio do registro do boletim de ocorrência e também da comunicação de fatos criminosos ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp - 190) e ao Disque Denúncia (181). “A população é nossa aliada no enfrentamento à violência. As denúncias de ações criminosas que estejam ocorrendo naquele momento podem ser repassadas à Polícia Militar, pelo 190. As denúncias de crimes recorrentes podem ser direcionadas à Polícia Civil, pelo 181”, pontuou.

Fonte e foto:  SSP/SE

1ª CIPM PRENDE HOMEM POR POSSE ILEGAL DE ARMA EM SÃO CRISTÓVÃO.


Na noite dessa terça-feira, 6, policiais militares da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (1ªCIPM) prenderem um homem por posse ilegal de arma de fogo e por ter entregue uma motocicleta a uma criança de 11 anos de idade, no conjunto Maria do Carmo 3, na cidade de São Cristóvão.

Os policiais militares do Tático 312 avistaram uma pessoa pilotando uma motocicleta, sem capacete e resolveram abordá-la. Durante o procedimento policial, ficou constatado que se tratava de uma criança com apenas 11 anos. Ele informou que um homem lhe entregou a motocicleta e pediu para que fosse entregar um dinheiro nas proximidades.

A equipe policial se deslocou até o local onde o suspeito se encontrava e o localizou juntamente com mais dois homens, que foram de pronto abordados. Com o acusado foram encontrados R$2.950,00 (dois mil, novecentos e cinquenta reais). Os policias foram informados por terceiros que ele possuía uma arma de fogo e, com ela, já havia cometido diversos crimes.

Ao ser perguntado sobre a arma de fogo, disse que a possuía e onde estava escondida, entregando-a aos policiais. O caso foi conduzido à Central de Flagrantes, na cidade de Aracaju, para as medidas legais.

Fonte e foto:  PMSE

APROVADO PROJETO DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO ENTRE PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA.


O Senado Federal aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (06),  o projeto de lei (PL 4.815/2019) de autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que garante ações de prevenção da depressão e ao suicídio entre os policiais – incluindo-as no Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública (Pró-Vida). Os profissionais da segurança pública trabalham diariamente sob forte pressão. Apesar da carência de dados oficiais, pesquisas brasileiras e estrangeiras têm demonstrado que o risco de suicídio entre policiais é cerca de duas vezes maior do que a média geral da população. O projeto, aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) em 2019, foi relatado no plenário pelo senador Jorge Kajuru.

Durante a sessão, Alessandro comemorou a aprovação da matéria: “O mais importante é cuidar desse setor do serviço público tão importante! É referendado por pesquisas em todo o mundo o nível de estresse dos trabalhadores da segurança publica. Um trabalho extremamente sacrificado, pouco reconhecido na sociedade por problemas do passado, por problemas, eventualmente, na formação da imagem das polícias e que resulta numa pressão que gera toda essa situação triste, de casos de suicídio que se reiteram e problemas de dependência química. Isso tudo precisa ser cuidado, precisa ser tratado, porque é em benefício da sociedade que esses homens e mulheres trabalham”.

Além de policiais, o Pró-Vida abrange os demais profissionais de segurança pública e de defesa social. O projeto estabelece a publicação anual de dados sobre transtornos mentais e suicídio entre esses profissionais. De acordo com o 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, de 2019, foram registrados 104 suicídios de policiais civis e militares em 2018. Esse levantamento revela, inclusive, que o número de policiais vítimas de suicídio é superior ao de policiais assassinados.

O senador Alessandro Vieira destacou que a exposição contínua à violência pode tornar o indivíduo mais vulnerável às doenças psíquicas, à dependência química e às afecções psicossomáticas. “No entanto, por questões culturais e institucionais, esses profissionais quase nunca conseguem auxílio dentro de suas corporações, onde enfermidades psiquiátricas, tais como depressão e ansiedade, muitas vezes são vistas como sinais de fraqueza ou de falta de comprometimento profissional”, pontua.

Fonte e foto: assessoria

AÇÃO CONJUNTA DAS POLÍCIAS CIVIL (CORE) E MILITAR (5° BPM), TIRAM DE CIRCULAÇÃO MAIS UM TRAFICANTE DE DROGAS.


Na noite desta terça-feira, dia 08, policiais da CORE e do 5º Batalhão realizaram uma operação conjunta que culminou na prisão de um traficante de drogas, no bairro Cidade Nova. 

Com o suspeito foram encontrados, balanças digitais e quase 2kg de maconha, que estavam sendo preparadas para serem comercializadas em " trouxinhas".

O suspeito admitiu que fazia a guarda e distribuição das drogas para outro suspeito e que já tinha distribuído cerca de 50kg da droga, nos últimos dias. 

A ocorrência foi encaminhada à delegacia para as providências legais.

Fonte e foto:  PMSE

MARIA DA PENHA: ASSOCIAÇÃO EMITE NOTA DE APOIO À MAJOR PM MANUELA.


A Associação Integrada de Mulheres da Segurança Pública emitiu uma nota de apoio à Major da PMSE Manuela, em virtude de acusações veiculadas na imprensa e em redes sociais por parte de um indivíduo acusado de incorrer na violação da Lei Maria da Penha, sem o devido direito de resposta da oficiala, que estava sob o comando da operação em questão.

Após as apurações devidas, não temos dúvidas que a técnica e a doutrina prevalecerão como guia da conduta da policial militar na referida ocorrência. A Major Manuela figura como referencial de postura e profissionalismo para a tropa, em especial às policiais femininas da PMSE, por sua conduta profissional exemplar, demonstrada sua carreira ao longo de quase 25 anos nas fileiras da corporação.

Veja o que diz a nota:

A Associação Integrada de Mulheres da Segurança Pública em Sergipe, através de sua diretoria, traz a público nossa solidariedade à Major da Polícia Militar Manuela, em virtude da exibição de imagens de uma câmera de segurança de um condomínio na zona Sul da capital sergipana.

O vídeo da ação policial comandada pela Major, mostra uma ocorrência repassada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública, CIOSP, para resolução de ocorrência de violência doméstica no último dia 26 de março do corrente ano, conforme relatório de ocorrência policial, Rop, número M2507775, lavrado na Delegacia de Grupos Vulneráveis, segundo os vizinhos que solicitaram a presença policial, a situação era recorrente.

Durante a exibição das imagens sem áudio, o senhor Robson Cardoso narrou a sua versão dos fatos. Essa narrativa, colhida de forma unilateral, prejudica a compreensão dos fatos pela sociedade e atenta contra à credibilidade, profissionalismo e capacidade técnica construída ao longo dos anos pela major Manuela que tanto enaltece a presença e atuação feminina na PMSE, sem proporcionar a ela chance de defesa.

Esta associação preza pela apuração dos fatos e não compactua com defesas unilaterais ou espetacularizações de quaisquer natureza. A produção jornalística tenta desqualificar a mulher em sua área de atuação, causando um dano a imagem da militar e da atuação de sua guarnição, sem maiores apurações.

Segundo o Rop, os militares solicitaram contato com a mulher que estaria sendo vítima de agressão e o sr Robson impediu a checagem da denúncia. Os fatos narrados não só atingem a ação da polícia militar como também descredenciam a atuação do delegado de polícia que recepcionou o caso , esperamos que todos os fatos sejam apurados e que o mesmo espaço na imprensa seja franqueado aos citados na divulgação das imagens .

A ASIMUSEPSE reitera o apoio aos envolvidos e diz a público que nos orgulhamos da trajetória ilibada da Major Manuela no exercício de suas funções que tão bem representa a atuação de todas as mulheres abnegadas que fazem parte da Segurança Pública de Sergipe.

Fonte: ASIMUSEPSE

terça-feira, 6 de abril de 2021

PRAZO PARA CONTESTAR AUXÍLIO EMERGENCIAL NEGADO VAI ATÉ O DIA 12 DE ABRIL.


O trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada tem até 12 de abril para contestar a decisão, informou o Ministério da Cidadania. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.

A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto para a nova rodada.

O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev, estatal que cadastra os dados dos beneficiários, e constatar que teve o benefício cancelado. Caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.

O sistema aceitará somente pedidos considerados passíveis de contestação, que permitem a atualização das bases de dados da Dataprev, como data de nascimento errada, CPF não identificado e informações incorretas sobre vínculos empregatícios e recebimento de outros benefícios sociais e trabalhistas. O prazo de contestação começou no dia 2 e seguirá por dez dias corridos, até o próximo dia 12.

Reavaliação

O Ministério da Cidadania também esclarece que, mesmo após o recebimento da primeira parcela, o auxílio emergencial pode ser cancelado. O governo fará um pente fino constante para verificar eventuais inconsistências ou irregularidades no pagamento do benefício.

Caso o pagamento seja cancelado, o beneficiário também poderá contestar a decisão no site da Dataprev. Também é possível reverter o cancelamento por meio de decisão judicial ou de processamentos de ofício realizados pelo Ministério da Cidadania.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Foto:  Marcelo Camargo

Fonte:  Agência Brasil

5º BATALHÃO TEVE UM INÍCIO E INÍCIO DE SEMANA MOVIMENTADO EM SOCORRO.




A PMSE, por meio do 5º BPM, atendeu inúmeras ocorrências nesse final e início de semana. Desde tráfico de drogas, roubo a carro, prisões pela Lei Maria da Penha e perturbação do sossego alheio associada ao descumprimento do decreto governamental.

O tráfico de drogas foi nessa segunda-feira, 05, quando policiais militares, em patrulhamento no Conjunto Jardim, Socorro, flagraram três indivíduos em atitude suspeita. Ao aproximarem para a abordagem um deles fora detido e os outros dois empreenderam fuga sendo detidos logo após diligências. Com os acusados foram encontradas trouxinhas de maconha e balança digital. O trio é suspeito de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas, na região. Dois dos detidos já respondem processos criminais.

Ainda na segunda-feira, 05, os policiais militares receberam informações de um roubo ocorrido em uma fábrica do município de Socorro.  Os assaltantes teriam subtraído certa quantia em dinheiro e teriam levado uma caminhonete na fuga. Após cercos e diligências na área, o carro roubado foi localizado minutos depois do delito e encaminhado à delegacia para as providências legais.

O caso que chamou a atenção pelos números nesse final de semana foram as cinco prisões pela LEI MARIA DA PENHA, na área de SOCORRO; e os seis procedimentos criminais relativos ao descumprimento do Decreto Estadual e Perturbação do Sossego, com cinco aparelhagens sonoras apreendidas.

Fonte e fotos:  PMSE

GETAM ABORDA VEÍCULO E ENCONTRA DOIS SIMULACROS EM SOCORRO.



Na madrugada do último domingo, 04, policiais militares do 5º Batalhão de Polícia Militar, com sede no município de Nossa Senhora do Socorro, prenderam um homem que transportava dois simulacros no interior do veículo.

O fato ocorreu no Conjunto Joao Alves, Socorro, quando os policiais abordaram o veículo modelo Sentra, cujo conduto apresentou atitude suspeita. Após a abordagem os militares encontraram com o acusado dois simulacros de arma de fogo, um par de algemas e uma balaclava (espécie de touca que cobre todo o rosto).

Matérias que provavelmente seriam utilizados para prática de assalto. O material custodiado foi levado à delegacia para as providências cabíveis.

Fonte e fotos:  PMSE

7º BATALHÃO APREENDE DRGAS NO MUNICÍPIO DE LAGARTO.


Na tarde dessa segunda-feira, 5, policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Lagarto, prendeu uma mulher acusada por tráfico ilícito de drogas.

O fato ocorre no Bairro Albano Franco, naquele município, quando os policiais perceberam o nervosismo de uma mulher que estava em uma motocicleta. De posse de uma bolsa grande lhe foi perguntado o conteúdo da bolsa. De imediato ela entregou o pacote aos militares e dentro tinha quatro tabletes de maconha que perfaziam 2154,00g.

Com a acusada foi encontrado ainda uma balança de precisão e um caderno de anotações, supostamente, da atividade criminosa. A mulher alegou que estava transportando a droga a pedido do marido que está preso. O caso foi encaminhado à delegacia da região.

Fonte e foto:  PMSE

O BLOG ESPAÇO MILITAR ESCLARECE SOBRE 22 DIAS SEM ATUALIZAÇÃO DEVIDO INTERNAÇÃO DO TITUTAR DO BLOG POR COVID-19.


O blog Espaço Militar emite nota de esclarecimento ao tempo que agradece a todos pela compreensão dos 22 dias sem atualização devido a internação do titular do blog devido a covid-19. Momento extremamente difícil, mas de vitória alcançada. Estamos ainda nos recuperando em casa, pois a médica recomendou mais 15 dias de recuperação.

Agradecemos primeiramente a Deus pelo restabelecimento da saúde e a todos que oraram pela nossa saúde.

Deus abençoe a todos indistintamente.

sábado, 20 de março de 2021

FAMILITARES PEDEM JUSTIÇA E PRESTAM HOMENAGENS A EMPRESÁRIOS MORTO NA PARAÍBA PELA POLÍCIA CIVIL DE SERGIPE. A VÍTIMA É FILHO DE UM SUBTENENTE REFORMADO DA PMPB.

Geffeson foi rendido e baleado por policiais civis de Sergipe, em Santa Luzia, no Sertão da Paraíba, hoje quando cruzou com os policiais sergipanos na estrada e foi considerado suspeito.

A Polícia Civil paraibana vai investigar a conduta dos sergipanos na situação que levou à morte do empresário Geffeson Moura, que não tinha passagem pela polícia. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Familiares de Geffeson de Moura Gomes, morto pela Polícia Civil de Sergipe em operação na Paraíba, nesta quarta-feira (17), prestaram homenagem ao empresário de 32 anos, nas redes sociais. A esposa declarou o amor que sente por Geffeson e lamentando o fato dele não estar mais presente na vida da filha, ainda criança. Geffeson foi rendido e baleado por policiais civis de Sergipe, em Santa Luzia, no Sertão da Paraíba, na madrugada de hoje quando cruzou com os policiais sergipanos na estrada e foi considerado suspeito.

"Você foi e será quem eu mais amei. Eu sempre vou te amar. A nossa filha não pode ficar sem você", escreveu Mara Lisboa, mãe da filha de Geffeson, em diversas publicações no Instagram, segundo apurou o ClickPB.

Em entrevista à TV Paraíba, mais cedo, o irmão dele, Gleriston Moura, pediu que o crime seja elucidado e estranhou o fato de Geffeson ter sido baleado mesmo estando sozinho no carro durante a abordagem. A irmã, Gabriella Moura, contou que falou com Geffeson até o momento em que ele jantava em Soledade para seguir viagem até Cajazeiras, onde ficaria na casa dela para dar suporte na internação do pai, que está com Covid-19. Em áudio, Geffeson enviou a seguinte mensagem à irmã. "Vou dormir aí, que mainha mandou eu dormir aí. Eu tô em Soledade. Eu vou chegar aí meia noite e meia, no máximo. Tem vaga aí? Se não tiver, eu deixo o carro na rua mesmo. Tem problema não."

Conforme apurou o ClickPB, Geffeson, que morava em João Pessoa, estava viajando sozinho para Cajazeiras, onde nasceu, para acompanhar juntamente com os irmãos a situação do pai, que está internado com Covid-19. Ele foi abordado pela Polícia Civil de Sergipe, teria reagido, e o delegado sergipano Osvaldo Resende Neto atirou. Geffeson Moura foi deixado sem vida na porta de um hospital em Santa Luzia.

O delegado Sylvio Rabelo explicou ao ClickPB que a Polícia Civil de Sergipe vinha seguindo um grupo criminoso responsável por roubos a bancos e roubos de cargas e avisou a polícia paraibana que estaria realizando a operação apenas uma hora antes de deixar o corpo do rapaz na porta de um hospital da região. Segundo ele, os policiais paraibanos tentaram se integrar à operação, mas, ao chegarem ao local, a situação já havia saído de controle.

A Polícia Civil paraibana vai investigar a conduta dos sergipanos na situação que levou à morte do empresário Geffeson Moura, que não tinha passagem pela polícia.


A Polícia Civil de Sergipe emitiu a seguinte nota em relação à morte de Geffeson Moura.

Confira na íntegra

Nota

A Polícia Civil de Sergipe informa que foi deflagrada uma operação no final da noite desta terça-feira, 16, na cidade de Santa Luzia, sertão da Paraíba, pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) a fim de tentar prender um grupo envolvido com tráfico interestadual de drogas. Os policiais estavam há alguns dias em diversas partes do Nordeste do país monitorando a quadrilha com o intuito de cumprir mandados de prisão, expedidos pela Justiça de Sergipe.

Na altura da cidade de Santa Luzia, na Paraíba, no final da noite desta terça-feira (16), foi montado um bloqueio policial, onde vários veículos suspeitos foram parados. Os policiais se depararam com um homem em um veículo e na abordagem, o motorista identificado como Gefferson de Moura Gomes estava armado, esboçou uma reação e foi atingido, sendo encaminhado imediatamente para uma unidade hospitalar.

O veículo e a arma de fogo foram apreendidos e apresentados pelos policiais na Delegacia Plantonista da cidade de Patos/PB. Os policiais prestaram depoimento ao delegado plantonista e apresentaram a arma e o carro apreendidos. Também foi colocado à disposição da Perícia Criminal e da Polícia Civil da Paraíba as armas de fogo utilizadas pelos policiais civis sergipanos durante a ação.

A Polícia Civil de Sergipe disponibiliza desde as primeiras horas do desfecho da ocorrência todas as informações necessárias às autoridades paraibanas. Os relatos prestados pelos policiais civis sergipanos constam em inquérito policial que já foi instaurado para apurar a ocorrência. A perícia também foi acionada para realizar os exames nas armas de fogo e veículo.

Fonte e fotos:  ClickPB

POLÍCIAS DE SERGIPE E PARAÍBA SE REUNEM PARA INVESTIGAR MORTE DE HOMEM.


Representantes da Polícia Civil do Estado de Sergipe estiveram na Paraíba nesta sexta-feira, 19, para participar de uma reunião com a Delegacia-Geral da Polícia Civil da Paraíba. O objetivo foi repassar informações e contribuir com as investigações sobre a operação realizada por policiais sergipanos no interior da Paraíba, que resultou na morte de um homem. O caso ocorreu na última quarta-feira,17, na cidade de Santa Luzia, a 262 quilômetros de João Pessoa.

Entre os representantes da Polícia Civil do Sergipe estava o delegado-geral da corporação, Thiago de Oliveira. Ele explicou que equipes do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Sergipe (Denarc) estavam em território paraibano para prender um grupo criminoso que atua no tráfico interestadual de drogas que havia se refugiado na Paraíba.

“Essa equipe estava em missão há 15 dias, cumprindo mandados de prisão decretados pela justiça, em várias regiões do Nordeste. E não havia previsão que essa operação fosse terminar na Paraíba e sim no Rio Grande do Norte. Mas, por ser uma região de divisa, e por conta de informações que alguns foragidos estavam escondidos na Paraíba, a equipe resolveu se deslocar para a Paraíba para cumprir os mandados de prisão”, informou o delegado.

No entanto, ao chegar nas imediações de Santa Luzia, os policiais de Sergipe se depararam com um homem a bordo de um veículo e portando arma de fogo. Eles reagiram e atingiram o condutor do veículo, que foi socorrido, mas morreu. Uma pistola foi encontrada com ele.

O delegado-geral de Sergipe destacou que os policiais envolvidos integram uma equipe que já atuou em várias operações de grande complexidade e foram responsáveis por prisões de criminosos de alta periculosidade. Apesar disso, lamentou o desfecho da operação em Santa Luzia e afirmou que a situação será devidamente investigada, seguindo a lei. “Nosso objetivo é esclarecer e dar transparência aos fatos e colaborar totalmente com as investigações, para dar todas as respostas à sociedade”, afirmou Thiago de Oliveira.

O delegado-geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, destacou que o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da cidade de Patos (PB), que já apreendeu veículo e a arma que estava com a vítima, além do armamento usado pelos policiais. Também solicitou perícias, iniciou oitivas dos envolvidos e nomeou um delegado em caráter especial para atuar no caso.

O prazo para conclusão das investigações é de 30 dias, podendo ser prorrogado por necessidade dos trabalhos.

Fonte e foto: Polícia Civil da Paraíba

PRAIAS DE ARACAJU NÃO PODEM SER FREQUENTADAS NESTE FINAL DE SEMANA.


As praias, praças e parques de Aracaju estarão fechados nestes sábado (20) e domingo (21), assim como atividades não essenciais e especiais.

Além disso, de acordo com o decreto governamental, fica proibida a realização de atividades econômicas na faixa litorânea e orlas, a prática de atividades esportivas individuais e coletivas, a circulação de pessoas, e o estacionamento de veículos.

O toque de recolher começa às 20 horas e se estende até as 5h da manhã do dia seguinte. Participaram da força-tarefa de fiscalização, as Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Procon e Polícia Militar.

As medidas foram anunciadas pela prefeitura e pelo governo do estado, para tentar evitar o colapso na rede hospitalar, pela alta taxa de ocupação de leitos por pacientes com Covid-19.

Veja outras medidas vigentes para este fim de semana em SE

Toque de recolher: a medida vai até o dia 22 de março, das 20h às 5h, com a proibição de circulação de pessoas e de veículos neste horário, exceto em caso de trabalho, emergência médica ou urgência inadiável. Durante o horário do toque de recolher somente poderão funcionar os serviços essenciais à população, além dos serviços de entrega em domicílio de bares, restaurantes e estabelecimentos similares.

Comércio: lojas do comércio em geral, como no Centro de Aracaju, shoppings, galerias, concessionárias e etc, não poderão funcionar durante o fim de semana. Farmácias, supermercados e similares, são considerados essenciais e que poderão funcionar até as 19h. O limite de público é de 50%.

Templos religiosos, academias e salões de beleza: não podem abrir nestes sábado (20) e domingo (21). Na semana, devem funcionar até às 18h, com limite de 30% da capacidade.

Bares e restaurantes: os estabelecimentos não podem abrir ao público durante o fim de semana, mas estão liberados para serviços de entrega e retirada no local.

Eventos, parques e circos: continuam proibidos até o dia 21 de março.

Foto: Divulgação/Marcelle Cristinne/PMA

Fonte:  Prefeitura de Aracaju