sábado, 30 de novembro de 2019

SERGIPE LADEIRA ABAIXO.


Com a economia no fundo do poço, Sergipe terá grandes dificuldades para sair do atoleiro em que lhe meteram. Sem dinheiro nem mesmo para pagar em dia os salários dos servidores e com um baita rombo na previdência, o estado já compromete mais da metade de sua receita anual com uma mega dívida. Para agravar a crise, grandes empresas, como a Petrobras, reduziram drasticamente seus investimentos por aqui, enquanto centenas de outras menores simplesmente fecharam as portas, aumentando o terrível exército de desempregados. O governo chora miséria, mas não possui uma consistente política de redução dos gastos e de arrecadação de impostos. Em vez disso, os governistas preferem tratar sobre as eleições de 2020, principalmente no interior onde buscam fechar acordos políticos de olho no ainda distante 2022. Só Jesus na causa!

Fonte:  blog do jornalista Adiberto de Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário